quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Na DCasa de novembro



O painel de peças circulares em vidro cristal e branco com texturas, foi publicado na revista DCasa de Novembro. O contraste com o tom vermelho-cereja da parede e a iluminação bem focada trazem destaque para a composição.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Na Casa Cor Trio, em São Paulo


Estas placas redondas, preenchidas com lindos gerânios brancos, foram escolhidas pela paisagista Marisa Lima para compor seu "Escritório da Paisagista" na edição deste ano da nova Casa Cor Trio - que reúne três mostras em uma - em São Paulo. Aproveite e confira ao vivo:
Casa Cor Trio
Jockey Club de São Paulo - até 06 de dezembro de 2009
Horário de Funcionamento: de Terça a Sábado, das 12h às 21h
Domingos e Feriados, das 12h às 20hs
Local: Av. Lineu de Paula Machado, 1075 - Cidade Jardim - SP

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Bandejinhas


Também gosto de produzir pequenas peças que complementam uma decoração. Nesta época é comum criar variados brindes para Clientes que desejam presentear com algo exclusivo e diferenciado. Estas pequenas bandejas são apenas algumas idéias que já passaram por aqui.


quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Nos melhores frascos


Perfume é uma coisa que transcende: transcende ao tempo, ao espaço e a pessoa que o usa. E nada melhor para guardar uma fragrância especial que um belo frasco. Aqui apresento algumas de minhas últimas criações nesta área.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Nota na Revista Banheiros & Lavabos


Foi muito legal ver as luminárias "Bola" em destaque na edição nº 38 da revista "Banheiros & Lavabos" da On Line Editora. Elas realmente podem colorir e dar um charme especial a estes espaços.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Bolas de sorvete?


Uma nova experiência com vidro moído: bolas em tons pastéis - que parecem de sorvete! - vão servir de base a vários objetos. Aguardem.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Na Casa Cor Rio 2009


Confecionados com vidro moído de garrafas, os tampos destas mesas são resistentes e têm um acabamento único que só as minúsculas partículas de vidro inseridas em sua massa podem produzir. A base é feita com o reaproveitamento de molas de caminhão, idéia da arquiteta Isabela Saramago para a "Chocolateria", espaço de Fernanda Mancini e Anderson Macedo na Casa Cor Rio deste ano.


Corra para ver ao vivo pois a mostra termina no próximo dia 13/10.

Serviço: Casa Cor Rio 2009
Até 13 de outubro
Praça Santos Dumont nº 31 – Tribuna C - Tel: 21 2540 8029
De terça a domingo, inclusive feriados
(excepcionalmente abriremos nos dias 07/09 e 12/10)
Horário: das 12:00 às 22:00hs

Ingressos:
Terça a quarta – R$ 25,00
Quinta, sexta, sábado, domingo e feriados – R$ 30,00
*Estudantes e idosos acima de 60 anos apresentando documento oficial paga meia, e criança até 10 anos gratuitos.

sábado, 3 de outubro de 2009

Mudando de suporte


Uma Cliente e amiga me procurou com o seguinte desafio: criar um fechamento que tivesse a ver com seu belíssimo portão de casa, que tem um desenho clássico. Andando pela residência, reparei nas telhas antigas pintadas e pensei em reproduzir o padrão nelas impresso em um painel de vidro. Vocês podem ver pela foto que atingi o objetivo e a entrada da casa agora tem um toque de arte exclusivo.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Para quem ama orquídeas


Plantas das mais delicadas e bonitas, as orquídeas "pedem" um belo suporte. Criei algumas placas de parede - algumas redondas - para conter algumas que tenho em casa.

sábado, 5 de setembro de 2009

Xícaras luminosas na mostra Morar Mais


Em parceria com o arquiteto Carlos Motta, responsável pelo "Café / Sala de Chá" na mostra Morar Mais Por Menos 2009 aqui no Rio, criei os pendentes em forma de xícaras para ficar bem no clima da proposta do espaço.


As "xícaras" ficam de cabeça para baixo e o foco das lâmpadas recai exatamente sobre o pequeno arranjo no centro das mesas, o que proporciona uma atmosfera de relaxamento e aconchego.


O corpo das peças são feitos com caquinhos de vidro moído e o "prato" da xícara em vidro pintado com grafismos. As alças também são em vidro.

domingo, 23 de agosto de 2009

Pequenas intervenções


Às vezes eu também trabalho sobre superfícies vítreas já existentes. Este pequeno frasco de perfume recebeu algumas incrustrações. Foi um teste. O mesmo para este vidro de azeite. Em estudo.

domingo, 16 de agosto de 2009

Círculos sobre cereja


Em um apertado corredor colorido em cereja, apliquei alguns círculos em vidro cristal com faixas transparentes e na cor branca. Devido à iluminação, a textura das peças flui para a parede em algumas peças.

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Dcasa de agosto


Este é um centro de mesa feito com fundos de garrafas esmaltado em azul que foi publicado nas páginas da revista Dcasa deste mês. A revista está voltada para sustentabilidade, ecologia e fala do reaproveitamento de materiais em projetos de interiores.


O scan da página da revista ficou um pouco "amassado". Portanto, deixo aqui uma foto maior da peça.

sábado, 8 de agosto de 2009

Amuletos No Limite


A pedido da TV Globo, criamos os amuletos para os participantes da nova edição do reality "No Limite".


Com formatos exclusivos e um toque artesanal com as bolhas inseridas no vidro, as equipes Taiba (azul) e Manibu (laranja) ficaram bem protegidas contra más energias.

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Centro de mesa com caquinhos


Este centro de mesa foi confeccionado cuidadosamente com caquinhos de vidro polidos, com tamanhos similares. Hoje adorna uma bela residência na Bahia.

domingo, 5 de julho de 2009

Nota na revista Casa & Decoração



Foi publicada uma pequena nota na edição de junho da revista Casa & Decoração da editora On Line sobre o novo trabalho feito com caquinhos de vidro. A foto não reproduz bem as peças, mas valeu!

domingo, 24 de maio de 2009

curiosidades

Curiosidades
Para se fabricar uma tonelada de vidro, consome-se 1,2 toneladas de areia, calcário e feldspato.
Os Vidros coloridos que embelezam e diferenciam ambientes, são produzidos acrescentando-se à sua composição corantes como o Selénio (Se) e Óxido de Ferro (Fe203), para atingir as diferentes cores como: Verde, Bronze, Azul.
A energia economizada com a reciclagem de uma única garrafa de vidro é suficiente para manter acesa uma lâmpada de 100 W durante quatro horas.
O vidro é uma substância inorgânica, homogénea e amorfa, obtida através do arrefecimento de uma massa à base de sílica em fusão.
O pára-brisas é um item de segurança responsável por mais de 30% da resistência estrutural do veículo
A resistência do vidro a compressão é muito elevada, calcula-se 1000N/mm² (=1000 Mpa), o que significa que para quebrar um cubo de vidro de 1 cm, será necessária uma carga de aproximadamente 10 toneladas.
Tempo de decomposição de alguns materiais:
- Sacos e copos de plástico: 200 a 450 anos.
- Um vidro poderá demorar 4000 anos ou então nunca se chegar a decompor!!!
O vidro não é um material combustível e funde apenas a 1200ºC transformando-se em cinzas. O seu elevado efeito abrasivo pode causar problemas nos fornos e equipamentos de transporte.
Cientistas italianos descobriram que o dióxido de carbono (CO2) pode gerar vidro. Submetido a pressões extremamente altas de até um milhão de atmosferas, os cientistas descobriram que as moléculas de dióxido de carbono formam um sólido cristalino vítreo.

Incrivel fonte em Chicago





Constrúida em 2004, é uma das vistas mais famosas de Chicago. A Crown Fountain custou 17 milhões de dórales.

Com 15 m de altura e construída com tijolos de vidro transparente, a fonte está localizada no Millenum Park na cidade de Chicago. Foi projetada pelo artista conceitual catalão Jaume Plensa, e é a primeira do gênero no mundo. Por detrás dos tijolos de vidro há telas de vídeo de alta tecnologia. Quando ligadas, as telas exibem os rostos de quase mil diferentes cidadãos de Chicago, demonstrando assim a rica diversidade da cidade. Brincando com as históricas fontes em forma de gárgolas em que a água jorra da boca aberta das criaturas, cada vídeo inclui momentos específicos em que a pessoa contrai seus lábios e a água jorra de um ponto da tela de tal modo que parece estar saindo da boca da própria pessoa. Isso acontece a cada exatos 5 minutos, e há ainda uma constante cascata de água caindo sobre as imagens

domingo, 10 de maio de 2009

curiosidades





O templo Wat Pa Maha Chedi Kaew que fica na província de Sisaket na Tailândia foi construído inteiramente com garrafas de vidro recicladas.As garrafas começaram a ser coletadas em 1984, foram mais de 1 milhão e meio de garrafas recolhidas, que ao ficar pronto virou atração turística.
O templo que é todo de garrafas desde o crematório às instalações sanitárias, ficou conhecido como “Lan Kuad” o “templo de um milhão de frascos”, uma forma ecológica de chegar ao Nirvana.


É o templo Wat Pa Maha Chedi KaewSisaket , chamado Wat Lad Kuan, que
traduz-se "Templo de milhões de garrafas de vidro."
Link externo: Templo feito com milhões de garrafas de vidro

curiosidades

Pergunta: Um raio quando atinge a areia pode realmente transformá-lo em vidro
Resposta
: De fato, pode. Existe um vidro natural chamado fulgurita, cuja origem se atribui a raios que tenham caído em solos de região desértica e arenosa com grande presença de sílica. A sílica, ou óxido de silício, é o principal componente dos vidros comuns e a substância mais abundante na crosta terrestre

Além das fulguritas, existem ainda dois outros tipos de vidros naturais: As obsidianas, que se formam quando a lava oriunda de um vulcão cai no mar se esfriando rapidamente sem se cristalizar. As obsidianas foram bastante utilizadas pelos homens pré-históricos como armas e ferramentas pela sua característica de corte. O outro tipo são as tectitas formadas pelo impacto de meteoritos no solo terrestre.

terça-feira, 14 de abril de 2009

Porta-velas na novela Caminho das Índias

Durante o Festival das Luzes, a família de Opash Ananda (Tony Ramos), prepara a casa para receber a deusa Lakshmi com diversos porta-velas em vidro distribuídos pela sala - em primeiro plano e sobre a mesa de centro. Maya (Juliana Paes), limpa um dos porta-velas e Ravi (Caio Blat) oferece um deles a Chacha (Flavio Migliacio).

porta-velas, caminho das indias





já publiquei os porta-velas da novela caminho das indias, mas, atendendo solicitações, estou mostrando novamente este produto, no quantitadivo e com seus detalhes das aplicações dos caquinhos de garrafas de diversas tonalidade.

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Porta-velas na casa de Opash

Durante o Festival das Luzes, Shanti (Carolina Oliveira) e Indira (Eliane Giardini) colocam as pegadas da deusa Lakshmi na entrada da casa dos Ananda. Em torno deles, diversos porta-velas em vidro com detalhes em caquinhos.

sábado, 4 de abril de 2009

painel de vidro com planta




As placas de vidro, deste painel, foram aplicadas sobre um guarda-corpo de vidro, já existente. Este trabalho é tão recente que as plantas ainda não foram colocadas e graças ao photoshop foi possivel simular algumas plantas para que possamos ter uma ideia mais real.

terça-feira, 31 de março de 2009

arquitetandomobile

Do programa Arquitetando um trecho onde falo sobre mobile, visão e conceito video

cliparquitetando

estou reproduzindo um trecho da entrevista para o programa Arquitetando produzido em Teresopolis e conduzido por Beth Raposo. Foi divertido, descontraido e muito alegre apresentar meu trabalho, falar bastante sobre ele e poder posicionar meus pensamento em topicos importantes como: reciclagem, segurança do material, relação com arquitetos, desenvolvimento de projetos e muito mais. Assista e curta video

domingo, 15 de março de 2009

candelabro presente em Bar Mitzvah





Este candelabro foi confeccionado em pó de garrafa de vidro. Reciclado, ecologicamente correto e não poluente. De um lado o pó de vidro em estado natural e do outro lado, pigmentado com material mineral para obter o tom de cinza. Candelabro para ser usado nas cerimônias do shabbat e do hanukah .

brindes para Bar Mitzvah




Estes brindes foram feitos de pó de garrafas , ou seja , em vidro reciclado ecologicamente correto e não poluente.
O Primeiro passo foi transformar o esquema da letra chai em uma escultura para poder reproduzi-la no pó de vidro.
Usei argila para dar volume a letra numa concepção inclinada em forma piramidal.
As cores foram obtidas com pigmento mineral e a resistencia com o uso de fundente na temperatura de trabalho previamente pesquisada.